Lave o seu carro correctamente

Sabe que pode danificar a pintura do carro quando o lava? Então, aprenda como lavar o carro correctamente, do exterior, ao interior, não esquecendo o motor. Lavar o carro é considerado, por muitos, uma actividade bastante satisfatória, relaxante e revigoradora. No entanto, para outros, pode ser um verdadeiro martírio, porque lavam vezes e vezes sem conta, mas nunca vêm resultados, optando assim por gastar algumas dezenas de euros, relegando o trabalho em empresas especializadas. No entanto, lavar o carro pode ser uma tarefa extremamente simples, barata e prazeirosa. Se souber exactamente como fazê-lo, poderá poupar vários euros por mês e o resultado será ainda melhor do que se deixar o seu automóvel numa auto-lavagem. Uma coisa podemos assegurar-lhe: ninguém terá tanto carinho pelo seu carro como você mesmo e a atenção ao detalhe que conseguirá colocar em cada recanto do seu automóvel deverão deixá-lo a brilhar durante ainda mais tempo. Para lavar o seu carro correctamente, quer no exterior, quer no interior, quer as jantes, quer o motor, vai precisar de um lugar com sombra, água (quente de preferência), sabão adequado para lavagem automóvel, vários panos e toalhas de micro-fibras e líquido desengordurante. O resto, é apenas a sua perícia. Saiba, em passos simples, como lavar o carro correctamente por fora (incluindo jantes), por dentro e, também, o motor. Sabe que pode danificar a pintura do carro quando o lava? Então, aprenda como lavar o carro correctamente, do exterior, ao interior, não esquecendo o motor. Lavar o carro é considerado, por muitos, uma actividade bastante satisfatória, relaxante e revigoradora. No entanto, para outros, pode ser um verdadeiro martírio, porque lavam vezes e vezes sem conta, mas nunca vêm resultados, optando assim por gastar algumas dezenas de euros, relegando o trabalho em empresas especializadas. No entanto, lavar o carro pode ser uma tarefa extremamente simples, barata e prazeirosa. Se souber exactamente como fazê-lo, poderá poupar vários euros por mês e o resultado será ainda melhor do que se deixar o seu automóvel numa auto-lavagem. Uma coisa podemos assegurar-lhe: ninguém terá tanto carinho pelo seu carro como você mesmo e a atenção ao detalhe que conseguirá colocar em cada recanto do seu automóvel deverão deixá-lo a brilhar durante ainda mais tempo. Para lavar o seu carro correctamente, quer no exterior, quer no interior, quer as jantes, quer o motor, vai precisar de um lugar com sombra, água (quente de preferência), sabão adequado para lavagem automóvel, vários panos e toalhas de micro-fibras e líquido desengordurante. O resto, é apenas a sua perícia. Saiba, em passos simples, como lavar o carro correctamente por fora (incluindo jantes), por dentro e, também, o motor.

Como lavar o carro correctamente o exterior em alguns passos

  • 1 Comece sempre por lavar as jantes Para lavar correctamente as jantes, pode utilizar um líquido desengordurante para soltar toda a gordura e óleo proveniente dos travões e, posteriormente, deve também esfregar a jante com sabão, recorrendo ao auxílio de uma escova. Ao contrário do que se possa pensar, deve começar sempre a lavagem exterior do carro pelas jantes pois assim, no final, não salpicará a carroçaria do carro já lavada, com a água que saltar da lavagem das jantes.
  • 2 Passe para a carroçaria, começando pelo tejadilho A lavagem da carroçaria deve ser sempre iniciada pela parte mais alta do automóvel. Passe todo o carro por água, para retirar a sujidade mais superficial e, de seguida, molhe o seu pano de microfibras num recipiente com água quente e sabão automóvel. É extremamente importante utilizar água quente, pois a água quente ajudará a levantar a contaminação da carroçaria, tornando bastante mais fácil remover insectos na pintura.
  • 3 Evite utilizar detergente ou sabão da loiça É também crucial evitar usar líquidos detergentes ou sabão de cozinha para lavar o exterior do seu automóvel. Esses detergentes são altamente corrosivos para a pintura do carro e poderão danificá-la. Utilize sempre sabão próprio para lavagem automóvel, quando estiver a lavar a sua viatura. Deve também evitar utilizar toalhas ou panos “simples”, usando em seu detrimento panos de microfibras. Estes são mais suaves e mais manuseáveis, permitindo assim remover melhor a sujidade. Deve lavar sempre a carroçaria do seu automóvel, efetuando movimentos circulares e sempre no sentido descendente (começando no telhadilho e terminando na parte inferior das portas e pára-choques).
  • 4 Retire todo o sabão e seque com uma toalha de microfibras Depois de ter passado por sabão e esfregado todas as superfícies das carroçaria, deve apressar-se a retirar o sabão e evitar que este seque, para não deixar manchas na pintura (daí a importância de lavar o carro num local com sombra). Retire todo o sabão com recurso a água fria ou à temperatura ambiente. Por fim, não espere que o carro seque ao sol, pois a água da parte superior do carro tenderá a cair para as zonas inferiores e secar durante o seu curso, o que deixará também a carroçaria com manchas. Ao invés disso, coloque uma toalha de microfibras sobre a carroçaria e deixe que esta absorva o excesso de água. Não faça movimentos circulares com a toalha, pois esta poderá conter pequenos detritos ou impurezas que poderão danificar a pintura do seu automóvel.

Cuidar do Interior

1. Retire todos os objetos e lixo do interior do carro Os compartimentos de arrumação das portas ou a consola central costumam ser local de arrumação de vários papéis e embalagens que já não têm utilidade como, por exemplo, garrafas de água ou pacotes de sumo. Para poder limpar correctamente todo o interior do carro, deve sempre começar por retirar todos os objectos que não são mais necessários e deitar fora tudo aquilo que considerar lixo.

2. Limpe o tablier e consola central Com recurso a um pano de microfibras (ideal em detrimento de outras toalhas ou panos), comece por limpar a consola central e a zona superior do tablier, não esquecendo também as portas. A utilização de um pano microfibras permitir-lhe-á remover uma maior quantidade de pó e sujidade das grandes superfícies, mas também lhe permitirá chegar a alguns recantos mais profundos, onde dificilmente chegaria com um pano tradicional, garantindo assim que o seu carro ficará mais limpo.

3. Limpe os estofos Os estofos deverão ser a 3ª etapa da limpeza e esta ordem deverá ser respeitada, pois seguramente estará sentado neles quando estiver a limpar a consola central e o tablier. Se forem em tecido, costumam acumular muitas partículas de pó e se forem em pele, costumam acumular muita sujidade, por isso estes devem ser aspirados (e tenha particular atenção às zonas das costuras, pois é onde fica acumulada a maior parte da sujidade) e, depois, limpos com recurso a um líquido próprio para limpar estofos (existem para os estofos de tecido e de pele).

4. Limpe os tapetes Seguindo a sequência lógica, enquanto aspira e limpa os estofos, alguma sujidade poderá cair para cima do tapete, por isso este é o 4º passo do nosso tutorial de como limpar o carro por dentro. Os tapetes são, provavelmente, um dos locais mais sujos do carro, sobretudo quando se tem crianças. Entre areia, terra e migalhas de comida, sacudir os tapetes deverá ser uma tarefa (pelo menos) semanal. Isto, para garantir que quando liga o ar ou abre os vidros, estas partículas de sujidade não são espalhadas pelo resto do carro.

5. Limpe a bagageira É extremamente importante não olvidar aspirar a bagageira. Nela transportamos malas de viagem, carrinhos de bebé, bolas, bicicletas, entre um sem-fim de objectos que circulam pela estrada e acumulam toda a sujidade e, consequentemente, bactérias e ácaros. Por isso, sempre que lava o carro com maior profundidade, deve aspirar também a bagageira.

O Seu Motor

Limpar o motor deve ser uma tarefa esporádica e realizada com particular cuidado. Apenas o deve fazer, no máximo, 1 vez por ano.

1. Retire as protecções plásticas Retire as protecções plásticas da parte superior do motor e da bateria e lave-as com recurso a água e sabão. Estas protecções não têm qualquer elemento electrónico incorporado, por isso não precisará ter particular cuidado na lavagem, apenas quando retira as protecções do motor e quando volta a colocá-las no sítio. Deve sempre certificar-se que as retira com cuidado, para não partir nenhum encaixe, e as coloca sempre no sítio certo e bem fixas, para evitar barulhos incómodos,durante a rodagem.

2. Proteja com fita-cola de papel as peças mais sensíveis Todos os componentes eléctricos e electrónicos do motor (cabos), assim como as velas, devem ter as suas extremidades protegidas com fita-cola de papel. Deste modo, estarão protegidas de qualquer líquido que venha a utilizar, durante a lavagem do motor.

3. Aplique um desengordurante nas partes metálicas do motor Com particular cuidado, aplique um líquido desengordurante em todas as partes metálicas visíveis na superfície do motor. Aplique o desengordurante em pouca quantidade e utilize uma pequena escova para chegar aos sítios mais “escondidos”. Deixe actuar o desengordurante, durante alguns minutos.

4. Retire a sujidade com um pano húmido Com um pano húmido (extremamente importante não conter excesso de água), limpe as partes metálicas do motor, onde colocou o desengordurante. Faça movimentos cuidados para, mais uma vez, a água não estar em contacto com qualquer superfície electrónica.

5. Deixe secar ao ar-livre Deixe o capot do seu carro aberto durante alguns minutos e o motor deverá secar rapidamente. Por fim, coloque novamente as protecções plásticas e o motor do seu carro deverá estar como novo.